10 Sinais que você precisa fazer Constelação Familiar

Já percebeu sinais de que você precisa fazer Constelação Familiar? Toda nossa experiência de vida é atravessada por diversas pessoas, a base de tudo é nossa família. Por isso, uma pequena ruptura neste grupo pode trazer consequências profundas.

Como lembra reportagem da G1, a Constelação Familiar auxilia no equilíbrio emocional e mental. Seu intuito é justamente: entender o meu lugar, o lugar do outro e como respeitamos um ao outro para criar um ambiente harmônico.

Além disso, a psicóloga Juliana Del Grossi conta que “As constelações familiares vêm transformando a vida de muitas pessoas, porque buscam alterar crenças individuais e padrões familiares, levando a uma vida mais leve”.

Assim, se você sente que poderia ter mais qualidade de vida, com psicológico, emocional e relacionamentos mais saudáveis, conhecer os 10 sinais que você precisa fazer Constelação Familiar é seu primeiro passo! 

Leia também Efeito Manada: seu espaço e o do outro

 

O que é a Constelação Familiar?

Constelação Familiar é um tipo de terapia integrativa em que o cliente revisa todas as situações familiares que moldaram seu estágio atual de vida. Assim, vemos a importância e o papel de nossos avós, tios, pais, mães e outros membros em nossa constituição como indivíduos.

Muitas vezes parece que nosso “EU” é como um quebra-cabeça, moldado com pequenas peças recebidas por esses agentes. Usando essa metáfora, na Constelação Familiar encaramos tanto a “figura” final do quebra-cabeça, como cada encaixe que foi feito.

Desse modo, a especialista Elisa Cattoni corrobora com a ideia de que “o processo da Constelação lida com sentimentos que estavam submersos, e muitos deles conectados a membros de nossa família ou ancestrais ou ainda, a pessoas ligadas a eles”.

 

10 sinais que está na hora de Constelar

Ficou com vontade de participar da técnica? Então, confira os 10 sinais:

 

1- Não está conseguindo evoluir

Você sente que por mais que esteja dando o seu máximo não está saindo do lugar. Mesmo se planejando e atuando. Bem, isso pode ser um reflexo de alguém que passou por sua vida.

Às vezes, nossas limitações estão vinculadas a como usamos outras pessoas como espelho, ou modelos que acabam ficando impregnado em nosso subconsciente.

A melhor maneira de lidar com isso é encarando essas memórias e abrindo brechas para que você possa atuar segundo seu próprio vontade.

 

2- Replica a vida de seus pais

Em seguida, olhe ao redor, o quanto sua vida é similar aquela que teve em sua infância com seus pais?

Algo muito comum que nós como consteladores vemos é que as pessoas entram em uma rotina tão pesada, que acabam negligenciando seu “eu superior”. E aqui, vamos usar esse termo, para sua verdadeira personalidade, ou aquilo que te move.

Quando não buscamos nosso próprio autoconhecimento, o cérebro se guia por caminhos conhecidos. E isso, na maioria dos casos, é o modelo dos pais, não que seja algo ruim.

Contudo, com a ajuda da Constelação Familiar, você pode descobrir como trilhar seu caminho à sua maneira, usando os pais apenas como inspiração, não como cópia.

 

3- Tem bloqueios em relacionamentos amorosos

Os relacionamentos amorosos também acabam aparecendo como outra área delicada. Certas “emoções exageradas” como:

São também produtos de momentos que tivemos durante nossa infância, adolescência e das experiências de convívio no seio familiar.

 

4- Apresenta sintomas físicos não diagnosticáveis

Você já ouviu a expressão “o corpo fala”? Quando vemos os sinais de que você precisa fazer Constelação Familiar, concluímos que a expressão é verdadeira.

Há relatos de pessoas que tinham doenças ou enfermidades não identificáveis com exames, mas que os pacientes afirmavam sentir os sintomas. 

O  próprio estudioso Bert Hellinger, principal referência em Constelação Familiar, explica que muitas vezes, a dor é o modo como o corpo expressa um sentimento:

“Dores no coração ou dores de cabeça, por exemplo, são muitas vezes amor represado, e dores nas costas resultam frequentemente da recusa de uma reverência profunda à mãe ou ao pai”.

5- Sente indisposição em frente aos desafios

Se você acompanha o blog, viu que os desafios são propulsores, cada vez que os enfrentamos, vamos a patamares melhores.

Acontece que quem tem problemas familiares, muitas vezes se sente angustiado e impotente em frente às situações desafiadoras.

Em um ambiente que se houve com frequência, por exemplo: “não vai dar certo”, “você não consegue”, “é impossível”, acabamos tendo nossas forças minadas.

Perceber isso e querer frear essas limitações é o sinal de quando fazer Constelação Familiar. 

 

6- Vive uma relação amorosa conturbada

Os relacionamentos tóxicos também provam a necessidade de se buscar terapia. Reflita: “por que permanecer em uma relação que causa mágoa, sofrimento e tristeza?”.

O pior ainda é quando isso se revela como um padrão, ou seja, não importa com quem você se relacione, há sempre muita tensão, brigas e discussões. Constelar pode dar um basta nisso e ajudar a vislumbrar horizontes melhores.

 

7- Passa muito tempo buscando aprovação externa

Frederic Skinner, um dos principais psicólogos da corrente behaviorista,  em suas teorias explica que temos reforços positivos ou negativos. Veja bem:

  • Quando uma criança faz uma ação que gostamos, como guardar um brinquedo, e aplaudimos, estamos dando um reforço positivo. Ela fica empolgada e replica a ação, no caso de guardar os brinquedos.
  • Já no caso do reforço negativo, penalizamos os pequenos por gestos que desagradam. Como em uma situação em que um copo é quebrado de propósito, e colocamos a criança de castigo.

E que isso tem a ver com Constelar? Bem, há certo momento de nossas vidas que precisamos rasgar a bolha da aprovação e começar a avaliar nossos esforços segundo nosso propósito.

Mas muitas vezes o paciente sente um entrave em relação a isso, e esse é um dos sinais. Pois, você não pode viver uma vida inteira pensando em agradar os que estão à sua volta, mas precisa tomar decisões que levem aonde quer ir.

8- Tem muitos lapsos em relação a suas memórias de infância

Ainda relacionado à infância, temos também os casos de abuso, traumas e problemas sociais. Para tanto, o cérebro cria defesas, como bloqueios ou mesmo lapsos de memórias.

Se você não consegue lembrar de muitos eventos de sua infância, pode ser um traço de que alguma coisa saiu errada. Se consegue lidar com isso normalmente, tudo bem, mas caso prejudique sua vida é um sinal de que precisa fazer Constelação Familiar.

 

9- É assombrado pelas crenças limitantes

As crenças limitantes são aquelas frases que aparecem em nossa cabeça e nos impedem de seguir em frente, por exemplo:

    • Dinheiro não traz felicidade.
    • Só dá para estudar quando novo.
    • Para abrir uma empresa é preciso ser rico.
    • Estou velho demais para isso.
    • Nunca vou ser capaz disso.

Tudo isso é como uma “sujeira” mental que obstrui o seu fluxo de vida, a verdade é que não sabemos do dia de amanhã. É preciso aceitar os desafios presentes e ver sob uma ótica positiva.

Acredite, Constelar pode dar pistas de como eliminar suas crenças limitantes.

 

10- Tem visto informações sobre Constelação Familiar por todos os lados

Um outro conceito que gosto bastante, é o de “Sincronicidade”, basicamente significa: sinais de que você está alinhado com algo.

Há estudiosos que entendem a sincronicidade sob um viés espiritual, como se você estivesse alinhado com o Universo, no caminho certo. Contudo, sob um ponto de vista prático, é o seu subconsciente pegando informações e mostrando a você o caminho que deve seguir.

Por isso que se você recorrentemente se depara com informações sobre Constelação Familiar, amigos perguntando sobre o tema, sugestão em sites, pessoas desconhecidas falando sobre isso perto de você. Pode ser que seu subconsciente esteja sugerindo que você se aprofunde com o tema.

 

Constelação Familiar: benefícios

Uau! Vimos 10 sinais bem profundos de como está na hora de Constelar, não é verdade? 

Acredite, essa prática só vai fazer bem para a sua vida, o site  G1 conta que ela “pode auxiliar em questões familiares, pessoais, financeiras, de relacionamentos, de trabalho e de saúde”.

Mais benefícios da Constelação Familiar são:

  • Trazer alívio.
  • Dar luz a nossos sentimentos.
  • Lidar com a influência inconsciente que temos sob os outros e os outros sob a gente.
  • Relembrar nossas origens e estudar nossos ancestrais.
  • Abrir espaço para nossas decisões e caminhos em nossas vidas.
  • Dar a percepção do que é prioridade em nossas vidas.

 

Por último, gostaria de convidar você a fazer Constelação Familiar com o Instituto Pérola. Eu já ajudei muitas pessoas a desatar nós emocionais e encontrar o propósito da vida.

Venha conhecer nosso time e ser parte de nossa família, sua presença é bem-vinda e só vai fazer bem!

Leave a reply